AGENDA

Compartilhar

Carta da Terra promove encontro internacional na Rio+20

A iniciativa reúne líderes internacionais para enfatizar que valores éticos devem ser a base dos acordos para o “futuro que queremos” e a economia verde.

 A Carta da Terra Internacional reunirá na tarde de 19 de Junho, no centro da cidade do Rio de Janeiro, personalidades internacionais para enfatizar a relevância de seus princípios éticos no contexto da Rio+20 e da sustentabilidade da Terra. Severn Suzuki, a menina que “calou o mundo”, fará a abertura do evento que também terá a presença de Leonardo Boff, ambos membros da comissão internacional da Carta da Terra.

O secretário-geral da Eco 92, Maurice Strong também é aguardado. Além de ser membro da comissão internacional do movimento, Strong, é considerado ao lado de Mikhail Gorbachev, um dos fundadores da Iniciativa da Carta da Terra. Segundo ele, “neste momento crítico na história da Terra em que a humanidade deve escolher o seu futuro, seria importante para a Rio+20 reconhecer e endossar a Carta da Terra.”

Para a diretora-executiva, Mirian Vilela, o propósito do evento é, enfatizar a importância desses valores éticos para inspirar e guiar diferentes atores e setores da sociedade rumo a um futuro sustentável. “Em meio a tantos impasses nas negociações da Rio+20, é fundamental reenfatizar a importância dos valores e princípios da Carta da Terra como a base de acordos internacionais que ajudaria o mundo na transição para a economia verde. Levamos oito anos para redigir a Carta, em um amplo processo de negociação participativa internacional. Chegou a hora de a sociedade global utilizá-la.”

Diversos princípios da Carta da Terra abordam diretamente a necessidade de se redesenhar sistemas atuais fundamentados em um sentido de responsabilidade universal e de intergerações. O Princípio 7, por exemplo, articula que a humanidade precisa “adotar padrões de produção, consumo e reprodução que protejam as capacidades regenerativas da Terra, os direitos humanos e o bem-estar comunitário” e deve também “atuar com restrição e eficiência no uso de energia e recorrer cada vez mais aos recursos energéticos renováveis. como a energia solar e vento”.

Para Mikhail Gorbachev, Presidente da Cruz Verde Internacional, “a escolha é nossa: formar uma aliança global para cuidar da Terra e uns dos outros ou arriscar a nossa destruição e a da diversidade da vida. Portanto devemos fazer tudo que pudermos para que a Carta da Terra seja aceita exatamente como foi desenhada: um conjunto de regras de importância vital”.

SERVIÇO
O quê: Encontro Internacional da Carta da Terra na Rio+20 – Colaboração e Diálogo: Ética, Sustentabilidade e Carta da Terra;
Quando:
19 de junho de 2012 (terça-feira), das 13h30 às 19h30;
Local: Caixa Cultural Rio de Janeiro – Teatro Nelson Rodrigues;
Endereço: Av. República do Chile, 230, Centro – Rio de Janeiro (RJ);
Mais informações: Pelos sites http://www.earthcharterinaction.org/content/ e http://www.cartadaterrabrasil.org/prt/index.html.


Usamos cookies para que você possa ter uma boa experiência ao navegar.
Ao usar o site você concorda com o uso de cookies.
Para mais informações, por favor veja nossa Declaração de Privacidade.

CONTATO

© 2016-2021 Instituto Ethos - Todos os direitos reservados.